8.png

Admissão por transferência facultativa

Escrito por Super User. Publicado em Transferência Facultativa

1. Definição
Forma de ingresso de aluno de outro estabelecimento de ensino superior – nacional ou estrangeiro, a critério da UnB, dependendo da existência de vaga no curso pleiteado e de classificação do candidato em processo seletivo.

2. Aplicação
Aluno regularmente matriculado em Instituição de Ensino Superior, ou em curso reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação, que tenha cumprido entre 20% e 75% dos créditos exigidos para a conclusão do curso, na IES de origem, conforme estabelecido em edital.

3. Pontos Fundamentais

  • O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) fará publicar o edital “Normas para Admissão por Transferência Facultativa”.
  • As vagas de cada curso correspoderão às vagas remanescentes do vestibular e aquelas geradas por desligamento e tranferência, subtraído o número de trasnferências obrigatórias e demais ingressos primários deferidos no período letivo anterior ao da publicação do edital de abertura do processo seletivo.
  • O Cespe somente receberá pedidos de admissão com a documentação completa e para cursos em que haja vaga.
  • A admissão por transferência facultativa estará condicionada às adaptações curriculares necessárias.
  • No caso de não existir na UnB o mesmo curso do candidato, uma vez cumpridos todos os requisitos, o colegiado do curso de graduação pretendido deliberará sobre a aceitação do pedido de transferência com base na equivalência entre os dois cursos.
  • Somente poderá ser considerado o pedido de transferência facultativa de aluno oriundo de universidade federal devidamente reconhecida ou de estabelecimento isolado com funcionamento devidamente autorizado pelo Conselho Nacional de Educação.
  • No caso de transferência de outros países, a regularidade de estudos em College ou equivalente deverá obedecer a uma das seguintes condições, devidamente comprovadas:
    • documento de conclusão do College ou equivalente com duração de dois anos, acompanhado de documento que comprove a aceitação em uma universidade;
    • documento de registro em College ou equivalente com duração de quatro anos, que outorgue o grau de bacharel ou equivalente.

4. Solicitação

4.1 Local
Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe).

4.2 Período
Estabelecido em edital.

4.3 Procedimentos

5. Análise

5.1 Responsável
Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe).

5.2 Critérios

  • Observância das condições e dos critérios específicos de seleção estabelecidos no edital.
  • Verificação da documentação exigida.

6. Resultado

6.1 Registro
Após a homologação da admissão, mediante o preenchimento do boletim “Registro do Aluno”, os dados pessoais do aluno e os dados de opção (curso e habilitação, se for o caso) serão registrados e passarão a integrar o cadastro discente de aluno regular.

6.2 Ciência do Aluno
Será feita:

  • mediante comparecimento ao posto avançado da SAA, na data fixada no edital;
  • mediante “Comprovante de Registro”, fornecido pelo posto avançado da SAA. O comprovante de registro substitui a identidade estudantil pelo período informado no documento.

7. Legislação Básica

  • Edital DEG–Cespe “Normas para Admissão”.
  • Lei nº 7.165, de 14/12/83.
  • Resolução CEPE nº 01/2009, de 6/01/2009.